Blog do Geraldo José - Cresol Petrolina aprova balanço da cooperativa de crédito e realiza primeira repactuação das sobras de recursos, fruto da movimentação financeira dos associados
Vale do São Francisco - 19 de Dezembro de 2018
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 13 de Março / 2018 às 15:36

Cresol Petrolina aprova balanço da cooperativa de crédito e realiza primeira repactuação das sobras de recursos, fruto da movimentação financeira dos associados

Um público de mais de 100 associados, prestigiou a primeira grande assembléia geral do ano, da Cresol Petrolina - Sistema das Cooperativas de Crédito Rural com Interação Solidária. A programação foi realizada no auditório do Senac, na sexta, 9, e serviu para a apresentação do balanço anual da instituição e para repactuar as sobras de recursos consequente da movimentação de crédito e operações na cooperativa.

"Como teve resultados positivos ano passado e cumprindo o que o estatuto e o Banco Central determinam, repactuamos as sobras provenientes do balanço positivo que conseguimos no ano passado", explicou Cleiton Alves Medeiros, coordenador regional da Cresol Petrolina e Vale do São Francisco.

O valor repactuado superou os R$ 2,1 milhões e o valor repassado será proporcional à movimentação de cada associado. Conforme Cleiton, a cooperativa conta hoje com 1200 sócios e a meta para esse ano, é chegar aos 2 mil associados, e de 5 a 10 mil novos sócios a longo prazo. "Essa é nossa meta pessoal", frisou.

Para se associar à Cresol, basta levar documentação pessoal da mesmo forma que se faz nos bancos tradicionais Caso queira adquirir crédito, levar documentação como escritura da propriedade para credito rural; caso seja crédito urbano, é exigido declaração do imposto de renda e contracheque ou comprovante de renda.

"Empresas na zona urbana também podem e devem abrir conta com a Cresil. Temos já várias empresas da área urbana, trabalhando sua movimentação financeira com a gente como emissão de boletos bancários, aquisição de cartão de crédito, de cheques pessoa física e jurídica", destaca o coordenador.

Cleiton informa as vantagens em abrir uma conta na Cresol que foi criada ha 20 anos no Rio Grande do Sul, e tem três anos de atuação em Petrolina e no Vale do São Francisco. "A vantagem em ter conta na cooperativa é não ter de pagar tarifas para a manutenção de conta, um fator preponderante e que difere dos bancos tradicionais e não é cobrada nenhuma outra tarifa também. Não visamos lucro e sim democratizar o crédito, dividindo proporcionalmente as sobras, de acordo com a movimentação financeira de cada um", esclareceu Cleiton Alves.

No Nordeste, além de Petrolina, a Cresol Constantina atua em Ouricuri, cobrindo o sertão do Araripe; e Quixadá, no Ceará. "O sistema Cresol está basicamente atuando em quase todos os estados. Nós estamos em parceria com sindicatos, entidades e demais interessados para atrair mais associados, além de utilizar a mídia como importante aliada nesta nossa meta", concluiu o coordenador Cleiton Alves.

20 anos de Cresol

Para Evandro Colet, presidente da Cresol Constantina, cidade do interior do Rio Grande do Sul, que administra as cooperativas que atuam com pontos de poaio em Petrolina, Ouricuri e Quixadá, a importância do cooperativismo é grande e o crescimento das cooperativas, é fato concreto para os próximos anos. A Cresol Constantina saiu 20 anos depois de uma sala pequena cedida por um sindicato, porque não se tinha dinheiro para pagar aluguel, para construir um volume de mais de R$ 211 milhões em movimentação, úmeros de 2017, e mais de R$ 30 milhões em patrimônio.

"Estamos em 15 municípios, três deles aqui no Nordeste, fruto de um trabalho que deu certo. Prova, através dos números, que com planejamento, metas, indicadores, resultados e o envolvimento das pessoas, a gente consegue chegar nesse patamar. Contamos com o auxilio do Banco Central que é um órgão regulador e muito importante para as cooperativas", externou o presidente.

Evandro ressaltou que a junção das cooperativas veio para que se fortalecessem e evitasse que fechassem, seguindo a orientação do BC.

"Temos muito trabalho. Aqui estamos ainda no começo do processo de incorporação, mas estamos numa perspectiva muito boa. Petrolina tem uma expectativa para o seu ponto de atendimento diante da importância econômica da cidade para o crescimento da cooperativa no município", acrescentou o dirigente.

A Cresol está primeiro investindo em suas unidades, para pensar em expansão só após o fortalecimento dos pontos de apoio já existentes. Evandro conta que a cooperativa irá operar com uma gama imensa de operações, e credenciada para operar recursos do BNDES, único na região.

"O cooperativo é um investimento muito seguro, A cooperativa produz ainda sobras que voltam para o associado. Quem comanda a Cresol, é monitorado de perto. Praticamos taxas menores para quem for adquirir nossos serviços e oferecemos taxas maiores para quem aplica na nossa cooperativa. Não somos perfeitos, mas somos diferenciados, crescemos junto com o associado", finalizou o presidente da Cresol Constantina, Evandro Colet. (Por Cinara Marques).

Ascom
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.