Blog do Geraldo José - Credibilidade e imparcialidade
 

publicidade

Enquete

Carregando...

Pesquisar

30,17%
Atualizado em: 05/05/2016
Esporte
27 de Maio / 2016 às 23:00 | Nenhum Comentário

Cantada em versos musicais, a parceria entre Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, representa muito mais uma continuidade do que uma divisa marcada pelo Rio São Francisco. No revezamento da tocha não poderia ser diferente. Nesta quinta-feira (26.05), as duas cidades receberam o símbolo olímpico e se uniram mais uma vez às margens do Velho Chico. Jaguarari e Sobradinho, na Bahia, também fizeram festa para a passagem da chama.

Apesar de separadas por uma ponte de dois quilômetros, o clima foi bem diferente. Enquanto Juazeiro aproveitou o feriado para lotar as ruas, Petrolina ficou pacata. Mas, como sempre na história, coube ao rio São Francisco unir a população que foi para as orlas e recepcionou a chegada da tocha. Com a bandeira do Brasil na mão e um sorriso no rosto, a jornalista Sueli Leal queria aproveitar cada minuto da passagem por Petrolina. "A chama encontrando o Rio São Francisco nos traz dois símbolos: a união dos povos com o esporte e a união das pessoas da região com a força do lugar em virtude do Rio", acredita.
 
Na terra de João Gilberto e Ivete Sangalo, na Bahia, 30 condutores e 6 quilômetros foram suficientes para animar o público. Mais de 10 mil alunos das escolas municipais de Juazeiro se espalharam pelas ruas e muitos se apresentaram com quadrilhas, fanfarra e forró. Em Petrolina, do cantor Geraldo Azevedo, foram mais de 100 condutores e 21km com histórias de inspiração, como a do estudante de enfermagem Daniel Dias e do educador físico Geraldo Luiz.

Nascido em Salvador, mas petrolinense de coração, Daniel Dias é defensor do tratamento humanizado nos hospitais e integrante da Unidade de Palhaçada Intensiva (UPI), projeto de extensão da Universidade Federal do Vale do São Francisco que ensina a arte clown (palhaço em inglês). Sua dedicação aos pacientes fez com que fosse escolhido para ser um dos condutores da chama olímpica em Petrolina. Sem conseguir dormir na véspera, ele disse sentir um misto de emoções. "Estou nervoso e ansioso pelo momento, mas ao mesmo tempo muito feliz por saber que minha história foi escolhida entre tantas outras", confessa.

Para o estudante de enfermagem, carregar a tocha é um reconhecimento para seguir firme na tarefa que tem como recompensa maior a consideração dos doentes. "É uma via de mão dupla, faço e recebo o bem. O olhar deles é gratificante". Para ele, a tocha vai ensinar, principalmente, o respeito às diferenças entre os povos, o que se assemelha, segundo ele, a uma das funções do palhaço. Daniel brincou, ainda, que a chama vai sair ainda mais quente. "Ela vai ser aquecida pelo calor humano e o sol abundante do semiárido de Petrolina".

 
 

Outro condutor que recebeu a honra de carregar a tocha pelo trabalho social realizado na cidade foi o educador físico Geraldo Luiz. O professor que participou do projeto "Protejo Petrolina" – que atendia jovens entre 14 e 25 anos em situação de vulnerabilidade social – disse que ficou surpreso quando seus ex-alunos contaram a sua história. "A princípio foi um choque, porque não esperava ser indicado. Corri com a tocha no bairro onde nasci e fui criado. Estava com a minha filha, familiares e amigos de infância", festeja. Geraldo almeja que todos deveriam carregar o simbolismo da tocha para si. "Nesse mundo de hoje, desejo paz e união entre as pessoas. É o que eu quero passar para todo mundo".

Legado esportivo

No mês de julho, durante as comemorações de aniversário de Juazeiro, a população terá mais um motivo para festejar: a entrega da Praça da Juventude. O equipamento, resultado de um convênio do Ministério do Esporte com a prefeitura, contempla uma área de mais de sete mil metros quadrados com quadra poliesportiva coberta, pistas para saltos triplo e a distância, quadra de vôlei de praia, área de exercícios e alongamento, campo de futebol society, pista para skate, teatro de arena com palco e arquibancadas. O município também foi contemplado com o Centro de Iniciação ao Esporte, com módulo III, que é composto por ginásio poliesportivo e complexo de atletismo.

Roteiro

A chama olímpica fez um passeio pelo sertão do São Francisco nesta sexta-feira (27) e passou por Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó, ainda em Pernambuco. À noite retornou à Bahia e dorme na cidade celebração Paulo Afonso, onde será feito acendimento da pira. Ao todo serão mais de 430 quilômetros de deslocamento e quase 100 condutores. (Lilian Amaral e Lorena Castro Ascom - Ministério do Esporte)

 

Variadas
27 de Maio / 2016 às 22:30 | Nenhum Comentário

Na manhã desta sexta-feira (27), a reitora do IF Sertão-PE, Leopoldina Veras, acompanhada de pró-reitores, diretores de campi e sistêmicos, recebeu no gabinete da reitoria o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB/PE). A reunião foi realizada como forma de agradecimento à liberação de R$ 1 milhão em verba de bancada, que será utilizado na construção de um bloco de salas de professores no campus Petrolina Zona Rural. Na ocasião, a equipe gestora do Instituto apresentou ao senador algumas demandas estruturais para os campi, reitoria e centros de referência.

A reunião foi iniciada pela reitora Leopoldina Veras, que apresentou os servidores do Instituto e agradeceu ao senador pela liberação da verba de bancada. Em seguida, a diretora do campus Petrolina Zona Rural Jane Perez explicou como será utilizado o recurso. "O campus tem 27 anos e a construção do bloco de sala de professores vai atender as demandas apresentadas pelo Ministério da Educação (MEC), que exige gabinetes individuais para que os docentes possam atuar de forma mais efetiva", destacou ela.

Entre os temas tratados durante a reunião, foram enfatizados os desafios do IF Sertão-PE em termos de expansão e consolidação dos pontos de presença. Foram discutidos o andamento das obras dos campi Serra Talhada, Santa Maria da Boa Vista e Ouricuri, a liberação de funções gratificadas para os campi, a necessidade de agilizar o fornecimento de água nas fazendas e nos campi que não dispõem do serviço de abastecimento e a situação dos centros de referência. 

"Tendo em vista a importância do Instituto Federal para o desenvolvimento da região, a ideia é que a gente possa a cada ano, com o mandato de senador, disponibilizar R$ 1 milhão", afirmou Fernando Bezerra Coelho. Para a reitora Leopoldina Veras, o encontro responde à necessidade de buscar apoio para o atendimento das exigências institucionais do IF Sertão-PE. "O Instituto precisa responder a uma demanda de estruturas que temos pendente ao longo desses anos e, para isso, temos de buscar apoios externos, através de verbas parlamentares e de bancada", enfatizou ela. 

Ascom/IF Sertão- PE
Variadas
27 de Maio / 2016 às 22:00 | Nenhum Comentário

Municípios da região norte da Bahia receberam equipes da Fiscalização Preventiva Integrada – FPI realizada nas últimas semanas pelo Ministério Público em parceria com órgãos que tem atuação na área ambiental. A operação abordou diversas áreas – em sua maioria com relação com o Rio São Francisco – e a atividade minerária foi uma das modalidades acompanhadas, registrando diversas irregularidades, o que acarretou em advertências e penalidades, tanto para as empresas quanto para as prefeituras.

Licenciamento irregular, ausência ou descumprimento de condicionantes, impactos diretos para comunidades tradicionais, especialmente Fundos de Pasto, condições de trabalho precárias, foram algumas das irregularidades identificadas e encaminhadas às instâncias do Ministério Público para as medidas cabíveis. O coordenador da equipe de mineração, Sérgio Santos, fiscal do Crea/BA, explica que os processos de licenciamento nos municípios não estão de acordo com resoluções do Conama – Conselho Nacional de Meio Ambiente. "Algumas licenças nem condicionantes tinham e quando nós íamos a campo constatar esses empreendimentos, nós observamos que [a licença] não tinha nada a ver com o próprio empreendimento", declara Sérgio. Segundo ele, há uma grande contradição uma vez que as prefeituras licenciam, porém não possuem equipe técnica para fiscalizar.

O município de Curaçá, que já está com cerca de 80% do seu território mapeado para atividade minerária, foi um dos visitados pela FPI que mais apresentou essas irregularidades. Recomendações como a regularização do licenciamento, cumprimento de condicionantes, execução de planos de recuperação de áreas degradadas, contratação de responsáveis técnicos, preservação de recursos hídricos, garantia de programas de segurança e saúde dos trabalhadores, adoção de Equipamentos de Proteção Individual, entre outras sugestões foram repassadas aos municípios visitados.

Além de Curaçá, outros municípios da região, também não apresentam condições de emitirem licenças para empresas públicas ou privadas iniciarem ou continuarem a exploração de minérios, embora isso venha sendo feito por equipes normalmente alocadas nas secretarias municipais de meio ambiente. "Isso é preocupante, é impactante e se não houver um desdobramento por parte do MP em cassar essas licenças, tudo isso vai continuar, infelizmente", lamenta Sérgio.

Impactos

A ação de uma mineradora causa de início o impacto visual, porém outras consequências decorrem a partir do início da operação. Nessa região norte da Bahia, segundo os resultados da FPI, a devastação da Caatinga, o assoreamento de nascentes e rios, o afugentamento de animais e a possibilidade de desmoronamento de cavernas estão entre os principais impactos. A região de Curaçá é citada como área de risco devido a forte presença de grutas e cavernas na área explorada, o que pode ocasionar até mesmo a morte de trabalhadores, conforme alerta o representante do Crea.

As comunidades de Fundo de Pasto, que vivem basicamente do uso sustentável da Caatinga, quando ainda não são regularizadas, são grandes atingidas pela ação das mineradoras. Além da destruição da vegetação e restrição das áreas onde os animais são criados de forma coletiva, na maioria dos casos estas são afetadas devido o tráfego de veículos, poeira, estrondos, rachaduras nas casas, poluição sonora, etc. "Tem comunidade tradicional que tem seu histórico na região, mas infelizmente são impactadas por esse tipo de empreendimento", registra Sérgio Santos.

De acordo com a promotora Luciana Khoury, do MP BA, todas as informações acerca dos diagnósticos da FPI sobre a mineração nos municípios visitados estarão em breve sistematizada em relatórios disponibilizados na internet.

Ascom/IRPAA
Variadas
27 de Maio / 2016 às 21:29 | Nenhum Comentário

Na última terça-feira, 24 de maio, na Casa dos Conselhos, aconteceu eleição para escolher a nova diretoria do Conselho Municipal de Assistência Social de Juazeiro – CMAS.  A nova Presidente do Conselho é a Assistente Social e Coordenadora da Pastoral da Mulher, Fernanda Maria Lins e Silva, e sua vice é a Gerente de Proteção Social da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social, Jussara Rego.

A eleição ocorreu com os conselheiros da Sociedade Civil e do Governo escolhendo, por unanimidade, a chapa única. O Conselho Municipal de Assistência Social é o órgão que reúne representantes para discutir, estabelecer normas e fiscalizar a prestação de serviços socioassistenciais estatais e não estatais no Município. A nova diretoria tem mandato de um ano.

Ascom/Juazeiro
Policial
27 de Maio / 2016 às 21:00 | Nenhum Comentário

Nesta quinta-feira (26), a 75ª Companhia Independente de Polícia Militar, prestou todo o apoio operacional para garantir a segurança da população durante a passagem da Tocha Olímpica por Juazeiro.

O Plano de Segurança para Operação Tocha Olímpica foi planejado com bastante antecedência. Ontem, após a conclusão do plano, foi considerado um sucesso total. Não houve nenhum problema na área da 75ª CIPM durante a passagem da tocha. Fato esse que serve de orgulho para a população e para a 75ª CIPM.

O Major PM Irlam Gouveia de Mattos, comandante da 75ª CIPM disse que, "A 75ª CIPM mais uma vez não mediu esforços para atender ao pedido dos organizadores do evento e convocou o efetivo empregado na operação em caráter extraordinário a fim de garantir a integridade dos participantes do evento e da população que observaram a passagem da tocha".

Com informações da 75° CIPM
Informativos
27 de Maio / 2016 às 20:30 | Nenhum Comentário

O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) realizará nos próximos dias 11 e 12 de junho o I Curso Introdutório à Falcoaria do Vale do São Francisco com carga horária de oito horas, no auditório do Museu de Fauna da Caatinga, Campus de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). As inscrições são presenciais e seguem até o dia oito de junho.

O curso apresentará com ênfase a Biologia das aves de rapina; História, Legislação e equipamentos da Falcoaria; Treinamento e manejo em cativeiro; Reabilitação e reintrodução; Prática de implante de penas e Prática em campo. O ministrante é o falcoeiro Lucas Cabral, membro da Associação Nordeste de Falcoaria, estudante do curso de Medicina Veterinária da Universidade do Vale do São Francisco e estagiário do Cemafauna.

As vagas são limitadas. As inscrições são presenciais e seguem até dia oito de junho, de 8h às 18h na secretaria do Núcleo de Ecologia Molecular (NECMOL) com Karelly Menezes, sede do Cemafauna. A comissão organizadora ressalta que para a realização do curso será necessário que o candidato deve, além de trazer caderno e caneta, vir vestido pronto para fazer manejo de animais silvestres com calça comprida e sapato fechado, de preferência bota além de protetor solar. Haverá transporte gratuito para deslocamento do campus Univasf Centro de Petrolina às 8h20 até o Cemafauna.

Ascom/Cemafauna
Variadas
27 de Maio / 2016 às 20:00 | Nenhum Comentário

A campanha de vacinação contra a gripe H1N1 foi prorrogada para a próxima terça-feira, 31, em Juazeiro. Até o momento cerca de 40 mil pessoas foram imunizadas, o que representa 90% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. 

O público-alvo que necessita atingir a meta estabelecida são pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias) e gestantes. A meta é vacinar no mínimo 80% das 44 mil pessoas que pertencem a esses grupos.  

A vacina está disponível nas unidades básicas de saúde das 8h às 12h e das 14h às 17h, na zona urbana e na zona rural, das 7h30 às 13h. A vacina protege contra os três subtipos do vírus determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano são eles: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. 

De acordo com o Superintendente de Humanização, Klynger Farias, a campanha mais uma vez foi prorrogada para que os 10% do grupo de risco sejam vacinados. "É muito importante que essa minoria que falta ser imunizada procure os postos de saúde e tomem a vacina. Mesmo com as doses vindo de forma fracionada pelo Ministério nesta campanha, Juazeiro conseguiu atingir a meta estabelecida", informa Farias.

Ascom/Juazeiro
Política
27 de Maio / 2016 às 19:30 | Nenhum Comentário

Em contato constante com suas bases no Sertão Pernambucano, o Deputado Federal Guilherme Coelho participou ontem (26/05) da abertura da 7ª edição da Feira do Comércio de Ouricuri (Fecou), a convite do ex-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do município, Assis Junior, principal entidade organizadora do evento. Guilherme estava acompanhado do ex-deputado Ciro Coelho e do secretário de Desenvolvimento Econômico de Petrolina, Jorge Assunção.

No corte da fita inaugural estavam presentes o prefeito da cidade, Cesar de Preto, e várias autoridades, lideranças políticas locais, regionais e do estado, além dos representantes de entidades parceiras, tais como Sebrae, Fecomércio,  Cisape, Ad Diper, FCDL, entre outras.

“Fiquei impressionado com o tamanho e organização desta edição da Feira”, destacou o deputado federal, elogiando todos os membros que planejaram e executaram o evento. Na oportunidade, Guilherme Coelho destacou o quanto o desenvolvimento da economia local está relacionado ao potencial agrícola da região.

Com o tema “Eu Amo Ouricuri”, a 7ª Fecou pretende mostrar a importância da cultura, da história e do seu comércio popular para o desenvolvimento da região. A expectativa dos organizadores é que a Feira deve receber um público médio de 30 mil pessoas nas três noites de evento (de 26 a 28/05) e movimentar R$ 3 milhões no comércio de Ouricuri.

Ascom/Deputado Guilherme Coelho
Informativos
27 de Maio / 2016 às 19:00 | Nenhum Comentário

Os empresários que trabalham por conta própria e com faturamento anual de até R$ 60 mil – Microempreendedores Individuais (MEI), que se formalizaram até 31/12/2015 – têm até o dia 31 de maio para realizar a Declaração do MEI 2016. Três informações básicas devem constar na declaração que é obrigatória para manutenção dos benefícios da formalização: faturamento bruto do ano, faturamento bruto da indústria, comércio e transporte interestadual e se a empresa teve empregado ou não. O processo pode ser realizado gratuitamente no site da Receita Federal/Simples Nacional ou no Portal do Empreendedor. 

“Caso o MEI não realize a declaração, a empresa fica impedida de gerar o DAS (Documento de Arrecadação Simplificada), documento de pagamento mensal obrigatório pelo MEI; fica inadimplente com o Simples Nacional e, por estar inadimplente junto à Receita Federal, não poderá conseguir a certidão negativa desse órgão, o que impede de conseguir financiamento bancário, por exemplo. Além de perder eventuais benefícios previdenciários”, explica o analista de orientação empresarial do Sebrae em Pernambuco, Luiz Nogueira. Ele sugere que o microempreendedor procure um contador para que o MEI não vire uma ME (Micro Empresa, faturamento anual acima dos R$ 72 mil).

Além desses ônus, caso o empreendedor não apresente a declaração até a data estabelecida, estará sujeito à cobrança de multas. O empresário pode perder benefícios como auxílio maternidade, doença e aposentadoria, além de não conseguir emitir os boletos mensais para o pagamento do INSS, ISS e ICMS.

A declaração deve ser feita através do Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br). O Sebrae oferece auxílio aos microempreendedores em caso de dúvidas, por meio de atendimento presencial gratuito, pelo telefone da Central de Relacionamento Sebrae - 0800 570 0800 ou com as ações itinerantes. 

Semana do MEI

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Pernambuco divulgou o balanço da 8ª edição da Semana do MEI. Foram beneficiadas 9.213 pessoas, sendo 5.002 físicas e 4.211 jurídicas, nos 27 municípios do estado, onde a ação foi realizada. Analistas e consultores do Sebrae em Pernambuco realizaram orientações sobre a declaração durante o evento, realizado entre os dias 25 de abril e 14 de maio.

 Além disso, através de palestras e cursos gratuitos, os microempreendedores individuais foram estimulados à formalização e receberam dicas de como comprar, vender, planejar, formular preço e outros assuntos deste segmento.

Sebrae-Pernambuco
Informativos
27 de Maio / 2016 às 18:30 | Nenhum Comentário

Pensando em uma forma mais divertida para realizar a educação ambiental para crianças, o Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) lançou essa semana o livro de passatempos “Brincando na Caatinga: Jogos e Passatempos”. A edição está disponível ao público na loja física do Museu de Fauna da Caatinga, no próprio Centro e será lançada hoje à noite, 27, na 26ª edição da Feira da Agricultura Irrigada em Petrolina, Fenagri.

Kathianne Souza, uma das autoras do livreto, é servidora do Cemafauna e observou a importância da educação ambiental, principalmente a voltada para crianças que constantemente visitam o Museu de Fauna da Caatinga. “Sendo formada em Artes visuais e trabalhando no Cemafauna, lugar em que me deparo todos os dias com o deslumbramento de crianças que visitam o museu e se apaixonam por nosso trabalho e pelos animais que acolhemos aqui, não demorou muito para que eu sentisse a necessidade de ver essas crianças aprenderem e participarem ainda mais”, afirmou.

Kathianne ressaltou ainda que apesar de o Centro já contar com publicações que contribuem para a formação de crianças conscientes quanto a preservação do meio ambiente, ainda faltava algo que chamasse a atenção dos pequenos. “Colocamos em prática o projeto proposto de atividades para o estágio supervisionado dos estagiários Ruanna Souza e Alisson Guedes, orientados pela nossa coordenadora, professora Patricia Nicola. Eles tinham que produzir e desenvolver materiais voltados para a criançada. Então colocamos a mão na massa e transformamos as ideias em realidade, comecei as ilustrações e diagramações sempre com a ajuda de analistas que me orientavam sobre as características de cada animal, fizemos alguns testes com algumas crianças que nos visitaram para visualizar a aceitação dos jogos e passatempos e logo o livrinho foi ganhando forma e cor”, disse.

A caatinga ainda é pouco mencionada e estudada, tendo poucas publicações específicas sobre ela. De acordo com Alisson Guedes, também um dos autores, a produção veio justamente contemplar o tema abordando-o de maneira lúdica para atrair o olhar das crianças ao bioma. “Esse livro de atividades é totalmente voltado para Caatinga e por isso o diferencial em relação a outros livros que abordem o mesmo tema. Podemos considerá-lo inédito em relação a essa abordagem infantil voltada a aprender mais sobre o nosso bioma”, destacou.

Ascom/Cemafauna
Variadas
27 de Maio / 2016 às 18:07 | Nenhum Comentário

Neste sábado (28), tem ato público dos homens de coragem em solidariedade às mulheres. O Pastor Teobaldo Pedro está convidando todos os homens de coragem a participarem de ato que ocorrerá amanhã, sábado, 28 de maio, às 15:00h, na praça Antonílio da França Cardoso, em Frente ao Banco do Brasil, centro da cidade. A manifestação tem o objetivo de protestar contra a violência contra a mulher. O convite é para os homens de Juazeiro e Petrolina. Mulheres também podem participar. A coordenação informa que não aceitará manifestações político-partidárias. O ato durará cerca de uma hora.

Diz o Pastor Teobaldo Pedro na sua página pessoal no facebook: “Quando lemos que mais de 30 homens violentam uma jovem mulher, e outros homens fazem chacota disso nas Redes Sociais, ALGUÉM PRECISA DIZER: TÔ FORA DISSO! Homem de verdade não age assim.

A BRIGA AGORA É OUTRA: MEXEU CO'ELAS, "MEXEU COM "NÓS". #TODOS_JUNTOS_CONTRA_A_VIOLENCIA_À_MULHER.

MANIFESTAÇÃO de HOMENS SOLIDÁRIOS às MULHERES.

Homens de Juazeiro-BA e Petrolina-PE, unidos por delas.

SÁBADO, 28/05, às 15 HORAS na Praça Antonílio da França Cardoso, em frente ao Banco do Brasil da Orla de Juazeiro. #Basta_de_violência_contra_mulher. Leve cartaz de apoio às mulheres, contra a violência feita a elas”.

Imagem Ilustrativa da Internet
Variadas
27 de Maio / 2016 às 18:00 | Nenhum Comentário

Este ano o feriado de Corpus Christi em Petrolina teve um tom especial. Nesse dia 26 de maio a cidade foi a primeira em Pernambuco a receber a tocha olímpica, que representa os Jogos Rio 2016, realizados no mês de agosto. Ao longo do percurso, de 21 km, por onde a chama passou, centenas de moradores saudaram os condutores que erguiam orgulhosos a Tocha. 

Foram 110 pessoas com as mais diversas histórias que tiveram a honra de conduzir o símbolo olímpico, Helen Coelho foi uma delas. A secretária-executiva finalizou seu percurso em êxtase e expressou que conduzir a Tocha foi uma das experiências mais emocionantes de sua vida.   

Para garantir a segurança dos condutores e do público, uma força tarefa que contou com a participação de órgãos de segurança nacional, estadual e municipal foi montada durante o trajeto e no entorno das ruas por onde a chama olímpica passou.

Além de acompanhar o caminho da Tocha, o público também pôde presenciar apresentações culturais em bairros da cidade. A festa se concentrou às margens do rio São Francisco, onde foi montada uma grande estrutura para receber o fogo olímpico e o acendimento da pira. O show do grupo Matingueiros abriu a festa na Porta do Rio, seguida de apresentações dos patrocinadores do evento, que precedeu a chegada da última condutora. A terapeuta ocupacional, Denise Cavalcante, conduziu o fogo olímpico até o palco, onde se encontrava o prefeito Julio Lossio.

O gestor municipal destacou o momento festivo que foi receber o revezamento e o evento de celebração, que acontece em apenas 82 cidades em todo país. Após a solenidade de acendimento da pira, os festejos continuaram com apresentações de Andrea Vitória, Dorgival Dantas, Dan Valente e Santa Dose. Depois de passar por Petrolina, a chama olímpica seguiu para Lagoa Grande.

Ascom/Petrolina
Política
27 de Maio / 2016 às 17:30 | Nenhum Comentário

A vereadora Maria Elena Alencar, do PSB, anda preocupada com a volta dos chamados 'rolezinhos' na Avenida São Francisco, bairro Areia Branca. Os grupos de jovens se fixam na avenida que tem grande parte da área residencial, ligam paredões e ficam até altas horas promovendo um barulho generalizado.O dia e horário de maior concentração da barulheira é aos sábados, entre 18h e 21h. 

Para ajudar buscar a paz de volta às  famílias que morim próximo á via, Maria Elena já solicitou providências através de requerimento encaminhado ào Ministério Público por meio da Promotoria da Infância e Adolescência, Polícia Militar, Guarda Municipal, secretaria executiva de Ordem Pública e conselho tutelar de Petrolina, além da secretaria municipal de Desenvolvimento Social.
 
"Queremos providência dessas autoridades, no sentido de buscar coibir a bagunça e atos de violência, que tem sido constante na Avenida São Francisco, promovidos por grupo de adolescentes e pré-adolescentes. Esses jpvens, geralmente marcam encontro no River Shopping e de lá seguem para a Areia Branca onde estacionam para tocar o teor literalmente. Os moradores encontram-se amedrontados, são hostilizados se reclamarem. Portanto, pedimos providências urgentes para resolver esse problema", destacou Maria Elena Alencar.
Ascom Vereadora Maria Elena
Informativos
27 de Maio / 2016 às 17:30 | Nenhum Comentário

Produtores, diretores, atores e técnicos teatrais de Juazeiro, Petrolina, região e todo o país que desejarem participar do I Festival de Teatro "Wellington Monteclaro", mas ainda não fizeram suas inscrições, a Secretaria Municipal de Cultura e Juventude (SECJU) lembra aos interessados que ainda dá tempo de se inscreverem. As inscrições são gratuitas e vão até 30 de maio, próxima segunda-feira.

De acordo com a SECJU, o Festival de Teatro consiste na realização de mostra competitiva de espetáculos teatrais, tendo como objetivos, fomentar as artes cênicas e promover o intercâmbio entre grupos artísticos e o público, além de destacar e divulgar novos talentos, promover atividades de formação e debates entre artistas e profissionais da área. São mais de 20 mil reais em prêmios.

As inscrições para o Festival de Teatro "Wellington Monteclaro" devem ser efetuadas presencialmente, na sede da SECJU, no horário das 08h às 12h e das 14h às 17 horas, ou pelos Correios. Os interessados deverão adquirir o regulamento e ficha de inscrição através do edital (segue o link) e depois da ficha preenchida, deverão entregar na sede da secretaria ou enviar com aviso de recebimento (AR), para o seguinte endereço: Secretaria de Cultura e Juventude, Avenida Carmela Dutra, Nº 683, Centro, Juazeiro Bahia, CEP – 48.903-530.

Mais informações pelo telefone: (74) 3614 2652 ou pelo e-mail: cultura@juazeiro.ba.gov.br. O Festival será realizado de 07 a 10 de julho, no Centro de Cultura João Gilberto.

Ascom/Juazeiro
Variadas
27 de Maio / 2016 às 17:00 | Nenhum Comentário

O Hospital Regional de Juazeiro (Gestão APMI) realizará amanhã (28) um mutirão de pequenas cirurgias. Serão ofertados 120 procedimentos durante todo o dia. Pacientes que necessitarem de procedimento de Cirurgia Geral, como por exemplo, retirada de pequenos tumores benignos e pequenos sinais de pele, retirada de cistos, verrugas, cantoplastia, entre outros, podem procurar o ambulatório do HRJ.

Os interessados devem comparecer ao local portando Cartão SUS e documento de identidade (RG). Os procedimentos realizados durante o mutirão não precisam de encaminhamento médico, a triagem será realizada pelo Cirurgião Geral na própria unidade.

Maiores informações através do telefone 3614-8350.

Ascom HRJ
Policial
27 de Maio / 2016 às 16:30 | Nenhum Comentário

Após monitoramento dos Policias Militares do Núcleo de Inteligência da Rondesp Norte, a Guarnição Rondesp 09 deslocou até o Bairro Jardim Primavera no intuito de localizar um indivíduo conhecido como "ALISSON" o qual comercializava droga. Durante rondas o citado indivíduo foi localizado, o qual se disse chamar ALISSON DOS SANTOS SOUZA, e que durante a busca pessoal foi localizado um aparelho celular sendo encontrado uma conversa no aplicativo WhatsApp, onde ALISSON negociava a venda de 2 (dois) quilos de maconha.

Ao ser questionado sobre a localização da droga, ALISSON levou os Rondespianos até sua residência indicando que a droga estava escondida em sua motocicleta e após busca foi encontrado dentro de um compartimento na carenagem aproximadamente meio quilo de erva seca, supostamente MACONHA. Diante dos fatos, o indivíduo e a droga forma apresentados na Delegacia para as medidas cabíveis.

Asscom
Variadas
27 de Maio / 2016 às 16:00 | Nenhum Comentário

Toda equipe da Secretaria de Cidadania, da Prefeitura de Petrolina, parou as atividades, por cerca 15 minutos, na última quarta-feira (25) para fazer um alongamento em referência ao Dia do Desafio. Funcionários e pessoas que estavam na sede da Secretaria participaram da atividade. O estudante Luiz Carlos Lopes aprovou a ideia. “Não conhecia o dia do desafio, mas gostei da proposta porque nos ajuda a lembrar de praticar exercícios, já que na correria do dia-a-dia muitas vezes esquecemos, e o alongamento é um ótimo exercício porque faz o nosso corpo acordar”, ressaltou. 

O prefeito Julio Lossio destacou a importância da data e o quanto a prática de exercícios físicos pode contribuir para a saúde. “O Dia do Desafio é uma ótima oportunidade para nos mobilizarmos coletivamente em torno da atividade física, que é tão importante para o nosso bem estar e nos dá ânimo e força durante a rotina diária. Petrolina tem participado ativamente da comemoração todos esses anos, e isso é gratificante, porque através dessa data podemos não só cuidar da nossa saúde, mas também manifestar alegria, solidariedade e união”, concluiu. 

O Dia do Desafio tem como objetivo combater o sedentarismo e conscientizar a população sobre a importância da prática regular de atividades físicas para a manutenção da saúde. Durante o evento, cidades de diversos países disputam entre si para ver quem consegue mobilizar o maior número de cidadãos. Em Petrolina, serão realizadas atividades nas Unidades de Saúde durante todo o dia.

Ascom Prefeitura de Petrolina
Variadas
27 de Maio / 2016 às 15:30 | Nenhum Comentário

A Paróquia Santa Luzia, localizada no bairro Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina, realiza no próximo dia 4 mais um 'São João da Família'. Esta é a 18ª edição do evento, completando este ano bodas de turquesa. A festa, tradicional entre as famílias da comunidade, acontecerá na Associação de Moradores do bairro.

O ingresso custa R$ 10 e já está à venda na paróquia. Segundo os organizadores, toda a renda do evento será direcionada para a conclusão das obras do Centro Administrativo da paróquia. Dentro desse projeto, está prevista ainda a construção de uma cozinha comunitária, que deve oferecer cursos gratuitos à população.

A festa começa às 21h e será animada pelo cantor Ageu e pelo sanfoneiro Adãozinho de Rajada. Além da Cohab Massangano, a Paróquia Santa Luzia engloba os bairros Cosme e Damião, Ipsep e Parque Massangano, todos na zona oeste de Petrolina.  

Asscom
Variadas
27 de Maio / 2016 às 15:00 | Nenhum Comentário

A exportação de manga no Vale do São Francisco em 2015 apresentou um aumento de 20% em relação a safra anterior, possibilitando um acréscimo de mais US$ 21 milhões na pauta de exportações do país. A boa nova foi anunciada esta semana em Petrolina – PE, pelo diretor de Marketing da Valexport (Associação dos Produtores e Exportadores de Hortifrutigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco), Caio Coelho.

De acordo com o diretor, este aumento se deve a qualidade dos frutos da região, associada à alta do dólar e ao crescimento da procura - principalmente do mercado americano, que compra anualmente 30 mil toneladas da fruta. "Outro fator que vem ajudando muito na ampliação das vendas para o mercado americano, é a permissão da entrada nos Estados Unidos de manga com o peso maior que 650 gramas, podendo a partir de 2015 chegar até 900 gramas o peso de cada fruta", adiantou Caio Coelho lembrando ainda que esta manga mais pesada pode ser destinada à indústria de frutas processadas, sendo um potencial nicho de mercado para as frutas brasileiras.

Segundo o gerente executivo da Valexport, Tássio Lustoza o crescimento do comércio da manga do Vale no exterior já vem ocorrendo desde o início das primeiras exportações, em 1999. "Somente para se ter uma ideia, de 2009 até os dias atuais o comércio internacional  da manga do Vale cresceu 42%, saindo de 92 mil toneladas para 131 mil toneladas anuais. A expectativa para este ano é de um crescimento de mais 7%", adiantou Lustoza. Do total das exportações de manga, 75% segue para Europa e 21% para os Estados Unidos, o restante é vendido aos mercados da África do Sul, América do Sul e Ásia.

Clas Comunicação
Variadas
27 de Maio / 2016 às 14:30 | Nenhum Comentário

Presidida pelo deputado estadual Zó (PCdoB), a Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação na quarta-feira (25), teve como pauta a apresentação de um  estudo, onde traz  a possível solução para o conflito entre Feira de Santana e São Gonçalo. Em meio a posicionamentos de representantes das comunidades envolvidas com o sentimento de pertencimento, Zó, em alguns momentos, precisou conter a população dos dois lados, deixando claro sua posição de respeito aos tramites e ao estudo que o colegiado vem apresentando com êxito, por meio do trabalho técnico da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A frente de todo o processo, o deputado enfatizou ainda, a sua satisfação em acolher as comunidades que vivem o dilema de perder os repasses de Fundo de Participação dos Municípios(FPM). "É através do diálogo, que podemos de fato sentir as necessidades da população que está sofrendo com a falta de definição nos municípios, mas é imensamente satisfatório oferecer a solução, e é o que constantemente estamos fazendo. Com esse conflito não será diferente", frisou.

O parlamentar ouviu do líder Giovani Costa,  a opinião favorável para que a região permaneça integrada ao território de São Gonçalo do Campos. Zó também obteve o parecer contrário da comunidade liderada por José Carneiro. Denominada "Somos da Feira", eles reivindicam que se mantenha o Alameda das Árvores e inclua  Jardim Aliança e Parque Viver no município de Feira de Santana. Em discurso durante a reunião, Zó deixou claro que todas as decisões tomadas serão  baseadas no princípio de valorização das questões sociais levando em consideração também, a melhoria de vida da  população, que hoje, está sendo atingida por problemas decorrentes da falta de definição territorial.

O presidente do colegiado esclareceu ainda, que a comissão segue  o que preconiza a lei 12.057/2011, a qual determina que a atualização dos limites municipais será feita tomando como base o critério administrativo ora vigente. "Manter a calma é fundamental para que todas as questões possam ser analisadas e resolvidas de forma a beneficiar a comunidade", aconselhou Zó. A comissão trabalha em parceria com a SEI e o IBGE, e sempre se propõe averiguar toda a situação para entrar em um consenso. Membros da comissão e o presidente realizarão visitas pré-agendadas no local para conversar com a população e os representantes das duas prefeituras. A data prevista é para a próxima quarta-feira (1).

Nina Dourado Ascom Dep. Zó
Policial
27 de Maio / 2016 às 14:00 | Nenhum Comentário

Ontem (25/05), por volta das 15h30min, Policiais Militares do 5° BPM, por determinação da Central de Operações foram ao centro de Petrolina, pois um PM de folga da Polícia Militar do Piauí conseguiu deter Jefferson Araújo Rodrigues, 19 anos, residente em Casa Nova-BA, que tentou roubar utilizando um revólver cal.38, nº 1497561, marca Taurus, com 06 (seis) munições intactas, uma loja de joias. O PM ainda informou que havia um segundo indivíduo, porém tomou destino ignorado. O imputado já responde ao art. 157 (Roubo). Diante do fato o envolvido e a arma apreendida foram encaminhados para a Delegacia de Plantão.

Asscom
Variadas
27 de Maio / 2016 às 13:30 | Nenhum Comentário

O significado da Tocha Olímpica é o que determinou o prefeito Julio Lossio, por meio da AMMPLA-Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina, a interditar o trânsito do percurso principal do revezamento do fogo olímpico que totalizou 21 quilometros na quinta-feira 26.

A finalidade foi proporcionar segurança dos revezadores, da comitiva da Tocha Olímpica e de toda a população da cidade e região que foi presenciar este momento singular na vida de uma cidade.

A passagem da Tocha Olímpica teve o papel de disseminar os ideias olímpicos com mensagens de esperança para todos os povos. Como também gestos de solidariedade, fraternidade, compreensão, amizade. Tudo isso para promover a paz. A paz na cidade, no país e no mundo.

Quando há guerra entre países e povos, dá-se o cessar fogo com a presença dos Jogos Olímpicos e o percurso da Tocha Olímpica. Daí a importância absoluta a este símbolo de paz e fraternidade entre todos.

Por isto a AMMPLA realizou algumas alterações no trânsito da cidade. O percurso teve início às 15h, na BR 407, no bairro Cosme e Damião e foi finalizado na orla de Petrolina, por volta das 19h.

A tocha percorreu os bairros IPSEP, Jardim São Paulo, Cosme e Damião, João de Deus, Nova Vida I e II, Jardim Amazonas, Pedro Raimundo, Ouro Preto, Jardim Maravilha, Vila Mocó, Centro, Caminho do Sol, Areia Branca, Maria Auxiliadora, Colônia Imperial e São José.

A AMMPLA montou uma força tarefa utilizando todos os agentes de trânsito, estagiários, fiscais com viaturas e carros de apoio que acompanharam todo o trajeto da Tocha Olímpica. 

Todos os trabalhos, ações e atividades culturais, educacionais e esportivas contou com a cooperação de todos os secretários municipais, que foram coordenados pelo o Comitê Olímpico Local.

"Foi planejando este momento desde o ano passado e a cooperação de todos e, principalmente, da população que foi proporcionar esse momento belo em nossas vidas e para a história de Petrolina", atribuiu o diretor presidente da AMMPLA, Ryan Pedro.
Asscom/Petrolina
Variadas
27 de Maio / 2016 às 13:00 | Nenhum Comentário

Na última terça-feira (24), representantes da Secretaria de Cultura e Juventude de Juazeiro (SECJU) se reuniram com o Juiz José Carlos Nascimento, da Vara da Infância e Juventude, e representantes de diversos órgãos municipais para discutir o projeto “Caravana da Juventude”, cujo objetivo é realizar visitas periódicas às principais escolas públicas de Juazeiro, promovendo debates com estudantes, professores e comunidade sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). 

Além disso, o projeto quer colher resultados a curto e longo prazo, trazendo para o município um debate sobre um problema estrutural: o preconceito com o adolescente infrator. Segundo dados mais recentes (2015) do Governo Federal, menos de 1% dos crimes são cometidos por menores, que recebem sanções da Vara da Infância e Juventude. Ainda assim, uma parcela significativa da sociedade segue acreditando na impunidade desses atos infracionais, colaborando para uma cultura que não ressocializa o jovem, mas o segrega da comunidade. 

Outra pauta discutida na reunião foi o acompanhamento das medidas sócio-educativas as quais os jovens são encaminhados. “Às vezes, o adolescente cumpre medidas que não aproveitam o seu potencial intelectual e artístico, e não lhe desperta, principalmente, o interesse em conhecer e se aprofundar ainda mais na atividade que realiza”, conta Stallone Lima, gerente de Juventude da SECJU. 

O juiz José Carlos Nascimento pontuou ainda a importância da unidade entre os órgãos municipais para a realização do projeto e lembrou a necessidade do diálogo entre escola e comunidade, para que a Caravana da Juventude seja uma experiência de êxito.

Ascom/SECJU
Espaço do Leitor
27 de Maio / 2016 às 12:30 | Nenhum Comentário

Durante mais de 10 anos da minha vida, em que gerenciei empresas, administrei finanças empresariais, e principalmente lidei diariamente com desenvolvimento profissional de líderes e liderados, sempre levei comigo uma dúvida que despertava minha curiosidade, e ao mesmo tempo, alimentava o meu desejo de realizar os sonhos de carreira de muitos profissionais e de alcançar o sucesso de negócios de clientes empreendedores: Por que algumas pessoas obtinham o sucesso e outras fracassavam?

Sim! Por que algumas pessoas tinham sucesso em tudo que faziam, levavam uma vida profissional feliz e assumiam as rédeas de seu sucesso, enquanto outras sempre fracassavam, e estavam em constante penúria; esbanjavam tristeza, angústia, além de palavras, gestos e formas negativas de agir e pensar? Antes de falar sobre a causa disso tudo, tenho como compromisso falar um pouco sobre minha experiência.Durante alguns anos no início da minha carreira, enfrentei um grande desafio que me impedia de viver meus sonhos e alcançar meus objetivos mais desejados, principalmente os profissionais. Passei um longo tempo sendo infeliz na empresa em que trabalhava e, mais insatisfeito ainda com a remuneração que recebia. E esta infelicidade profissional, não me deixava enxergar outros horizontes de crescimento na carreira, e o pior não me permitia que visse que apenas eu mesmo era o responsável pelo meu insucesso, e não outras pessoas como líderes, colegas e até mesmo a empresa em que eu trabalhava, como eu comumente argumentava em minhas justificativas pelo meu fracasso profissional.

E foi neste ambiente de infelicidade que descobri que eram minhas crenças limitantes que bloqueavam minha capacidade de entrar em ação, crescer, gerar resultados, e consequentemente ser feliz profissional e financeiramente.

Mas, afinal, o que é uma crença limitante? É aquele tipo de ideia ou pensamento, que nos impede de fazer ações que gerariam resultados positivos em nossa vida. Apesar desta expressão lembrar algo no sentido religioso (“crença”), não tem nenhuma relação com isso. Na verdade, crença é o que acreditamos ser verdade com todas as nossas forças.

A maioria das nossas crenças se formaram a partir das nossas experiências na infância, período este em que, por sermos crianças não tínhamos referências para tomar decisões por conta própria, então, pessoas que nos rodeavam como pais, família, parentes, amigos, professores, colegas da escola, e até mesmo a mídia, influenciavam diretamente na nossa maneira de pensar e agir.

Quando passamos a fase adulta, muitas destas crenças passam a influenciar de modo positivo ou negativo na nossa vida, de maneira que quando temos uma decisão importante a tomar, podemos determinar o nosso sucesso e o nosso fracasso, através do que acreditamos, ou seja, nossas crenças.

Devido nossa necessidade emocional de certeza, muitas vezes preferimos acreditar fielmente que as nossas crenças são as corretas, a nos autoquestionar e corrigi-las.

A maioria das nossas crenças estão relacionadas a: dinheiro, pessoas, oportunidades, aprendizado, capacidades, identidade, situações, tempo, vida, passado, presente e futuro.

Como consultor empresarial e especialista em gestão estratégica de finanças, quero falar para você das crenças limitantes relacionadas a dinheiro.

Vou listar as três principais crenças limitantes que mais afetam o sucesso financeiro das pessoas, e que inconscientemente, determinam também o sucesso em suas carreiras profissionais. Antes de citá-las, quero destacar que já identifiquei mais de cinquenta crenças limitantes ligadas a dinheiro, mas desejo enumerar apenas as três crenças mais comuns com as quais mais me deparo quando atendo clientes empresariais e profissionais em minhas consultorias e em meus programas de desenvolvimento financeiro:

“Só é rico quem teve sorte e foi escolhido pelo destino”: esta crença limitante é uma crença de desmerecimento; ou seja, “não nasci rico, é porque não tive sorte, ou por que o destino não quis isso, sendo assim, não posso lutar contra a sorte/destino”, o que resultará em inércia e fracasso na busca pela prosperidade financeira;

 “Dinheiro não traz felicidade”: eis uma frase que quase se tornou um jargão por onde passo. Na verdade esta frase estaria correta se fosse “Dinheiro não é a felicidade”. Por que dinheiro traz felicidade sim! Com dinheiro você pode realizar o sonho da casa própria, a compra do automóvel desejado, a viagem de lua-de-mel tão sonhada, alimentar-se e vestir-se bem, enfim, tudo que com certeza resulta em uma vida feliz! Esta crença limitante, bloqueia resultados financeiros positivos, pois me leva a pensar “se dinheiro não traz felicidade, não há porque se esforçar para consegui-lo”;
“Dinheiro na mão é vendaval”: este trecho de uma das páginas da música popular brasileira acabou se tornando uma crença que limita a capacidade das pessoas de economizar e investir dinheiro, pensando sempre que ele é, e sempre será um recurso escasso em suas vidas. Quando eu digo que “Dinheiro na mão é vendaval”, eu afirmo para mim mesmo “dinheiro é algo raro na minha vida, ele entra e sai da minha conta bancária com muita facilidade, pois mal dá para pagar as contas, e no fim não sobra nada para economizar ou investir”. Com certeza, isso resultará em atos e comportamentos que determinarão o meu fracasso financeiro.

Talvez você tenha se identificado com alguma destas verdades limitantes, ou ao menos já foi apresentado inconscientemente a algumas delas. Vou mais longe: talvez de maneira inconsciente, alguma dessas crenças limitantes, ou até mesmo outras das inúmeras não citadas até aqui, tem determinado os resultadas negativos em seus negócios, sua carreira e em suas finanças.

Daí você deve estar me perguntando o que fazer para mudar estas crenças relacionadas ao dinheiro? Posso me liberar destas crenças limitantes que sabotam o meu sucesso?

A minha boa notícia para você é: Sim! Você pode se libertar destas crenças limitantes! Você pode tomar as rédeas do seu sucesso e ser feliz financeiramente! Mais isso é assunto para o nosso próximo encontro.

Por Valneilson Silva

Diretor-Administrativo do Instituto Reccupere

Política
27 de Maio / 2016 às 12:00 | 3 Comentários

O espaço preparado para receber moradores do bairro Santa Luzia e comunidades localizadas no seu entorno, contou com grande participação da população desses bairros na primeira edição do projeto 'Debatendo Petrolina com Odacy', ocorrida nesta quarta, 25. A proposta do deputado estadual Odacy Amorim, do PT, que é pré-candidato a prefeito, atingiu o objetivo de ouvir dos moradores as necessidades da região.

Na mesa de trabalhos, Odacy recebeu os vereadores do PT, Geraldo da Acerola e Cristina Costa que é presidente da legenda no município; a presidente do PP de Petrolina, Dulcicleide Amorim e integrantes da Frente Brasil Popular. Nas 24 falas de representantes dos bairros, foram levantadas as sugestões que servirão de mote para a formatação do programa de governo que Odacy levará para a campanha eleitoral que se inicia no segundo semestre.

"Precisamos preparar um plano de governo à altura de nossa cidade. Podemos fazer isso se unindo a boa política e tendo a participação do povo. Vocês são importantes para mim, tenho muito carinho por essa região aqui onde estamos iniciando nossa caminhada. Fui prefeito dois anos com um orçamento bem menor do que é hoje e fizemos muito, com o que Petrolina arrecada hoje, mais de R$ 700 milhões, vamos buscar consertar o que não deu certo e olhar pra frente. Esse plano de governo, se Deus quiser, será referendado pelo povo de Petrolina", considerou o deputado.

Na fala do vereador Geraldo da Acerola, a confirmação da vontade de oferecer à Petrolina um plano de governo voltado para o desenvolvimento com inclusão social. "Temos experiência em fazer governos voltados para a maioria e os mais de 13 anos dos governos Lula e Dilma comprovam isso, coisa que querem desmanchar, mas o povo é maior que tudo. Petrolina vai, se Deus quiser caminhar com Odacy, para atingir esse propósito", discursou.

A vereadora Cristina Costa reafirmou que o PT terá seu candidato a prefeito e essa candidatura é com Odacy Amorim. "O PT está com Odacy e é com ele na cabeça que construiremos esse projeto. Odacy será o candidato a prefeito pelo PT e vamos debater junto a nossa cidade", assinalou Cristina, elogiando a grande participação dos moradores dos bairros da zona Norte na atividade comandada pelo pré-candidato Odacy Amorim.

Um dos depoimentos de maior desta foi do líder comunitário do bairro Mandacaru, Bento Florêncio. Ele disse que em dois anos de Odacy na Prefeitura, teve acesso a ele para resolver a demanda de sua comunidade, já nos sete anos da atual gestão, nunca conseguiu contato com o prefeito Julio Lóssio. "Então se vocês quiserem ter alguma coisa para melhorar a comunidade de vocês, pensem em pessoas que vocês tenham aceso. Com Odacy sempre tive. Hoje meu bairro com 6 mil moradores, vive carente de tudo. Um lugar sem assistência é o caminho para a violência, para o medo", pontuou sugerindo saúde e infraestrutura para o Mandacaru. O Debatendo Petrolina com Odacy terá duas edições por semana. O próximo bairro a receber o projeto será conhecido até a próxima segunda-feira, 30.

Ascom Dep. Odacy Amorim
Variadas
27 de Maio / 2016 às 11:30 | Nenhum Comentário

A Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) de Juazeiro informa que o trabalho de tapa-buraco e recapeamento asfáltico na BA 210, executado em parceria com o Governo do Estado, trouxe melhorias para a trafegabilidade da via, para quem viaja para o distrito do Salitre e municípios de Sobradinho e Sento Sé.

A Sesp esclarece que o mencionado acidente com o caminhão ocorreu pelo fato de seu condutor tentar retornar do desvio que estava sendo utilizado durante a execução da obra na rodovia. Em seguida o caminhão carregado passou pela rampa mais inclinada, provocando o desequilíbrio e, consequentemente o tombamento.

A Secretaria ainda informa que as obras de melhoria da BA 210 continuam e que a partir da próxima semana atenderá o trecho até a divisa com Curaçá.

 
Asscom
Variadas
27 de Maio / 2016 às 11:00 | 1 Comentário

Difusor dos avanços tecnológicos e agrícolas de Petrolina e região nos últimos 22 anos, o Jornal da Fenagri chegou aos estandes da 26ª Feira Nacional da Agricultura Irrigada no dia da abertura, quarta-feira (25). O especial 2016 traz resultados recentes de pesquisas feitas por entidades e instituições de ensino ligadas à agricultura, novas formas de uso da água na lavoura, aspectos legais para quem deseja ampliar os negócios, as potencialidades e as novidades das empresas que fazem o Vale do São Francisco.

Em 1994, quando saiu o primeiro número, o Jornal da Fenagri tinha a tímida edição de 500 exemplares, com 4 páginas, preto e branco, para serem distribuídos durante a Feira. Os anos seguiram e, em 2016, a Clas Comunicação & Marketing lança, em páginas coloridas, 5 mil unidades entregues gratuitamente. Tornou-se conhecido e agora é sinônimo para o próprio evento.

De acordo com o editor e jornalista responsável, Carlos Laerte, o jornal buscou durante os últimos anos, ir além de noticiar fatos da Feira. Segundo ele, a publicação procura levar ao leitor uma análise crítica do agronegócio. "Já são 22 edições do Jornal e, durante esses anos todos, nos atentamos para mostrar ao agricultor, às instituições e às pessoas que se interessam pelo tema, como as novidades tecnológicas, as mudanças na legislação e a realidade da agricultura familiar, da agricultura irrigada e da agroindústria, mexem com as nossas vidas direta ou indiretamente", salientou.

Informativo de 12 páginas, o jornal da Fenagri será distribuído durante os quatro dias da Feira Nacional da Agricultura Irrigada, de 25 a 28, no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, em Petrolina. O evento começou quarta-feira (25) e segue até sábado com seminário, minicursos, Encontro de Negócios, Vila da Agricultura Familiar e exposições.  Entrada gratuita e visitação das 17h às 22h. 

CLAS Comunicação & Marketing
Variadas
27 de Maio / 2016 às 10:00 | 1 Comentário

Ela chegou por volta de uma hora da tarde em Sobradinho. A temperatura estava amena, mas o clima na cidade era de muita festa e alegria para receber a Tocha Olímpica . Sobradinho fez uma grande festa para receber o símbolo olímpico.

Logo cedo a cidade já estava vestida com as cores da Rio 2016 e na expectativa da festa. Na Praça Geraldo Silva , o Projeto Caatinga mostrava as potencialidades, os aspectos culturais e riqueza da região. Nos pontos culturais , ao longo da avenida principal, atrações artísticas, esportivas e muita festa. 

O sobradinhense foi para as ruas vivenciar este momento histórico, que ficará eternizado na memoria de quem viu de tão perto o fogo olímpico. 

No Paço Municipal, o prefeito Luiz Vicente Berti abriu as comemorações e entregou a chave da cidade ao bebê prefeito , uma ação da semana do bebê; entregou a premiação e os uniformes dos alunos vencedores do concurso de redação que acenderam a tocha e fez o hasteamento das bandeiras. Uma solenidade que contou com milhares de sobradinhenses ansiosos para a chegada da tocha. 

Na avenida Alvorada, concentração do evento, um show musical aqueceu a espera. Quando o comboio entrou na cidade, a emoção tomou conta de todos os presentes. Famílias, alunos e professores das escolas municipais, crianças, idosos  atletas, autoridades e toda comunidade se entregaram a mensagem de paz, união e amizade que a tocha vem passando por onde passa. 

Esta quinta feira(26) vai ficar marcada na história de Sobradinho. " Eu nunca esperei participar de um evento tão grandioso. Ver a Tocha Olímpica assim tão de perto é emocionante. A Prefeitura está de parabéns pela organização do evento e por ter nos proporcionado um momento tão maravilhoso" declarou Dona Izaltina França. 

No meio da praça houve apresentação de São Gonçalo, zumba, capoeira, samba de veio , diversas manifestações folclóricas e os vaqueiros que acompanharam o cortejo, mostrando a força do nordestino. 

O prefeito Luiz Vicente Berti acompanhou todo o percurso e correu ao lado dos condutores.

O campeão mundial José Ivaldo, Dona Severina, uma aposentada de 86 anos, e o agricultor Piaui foram os indicados pelo o município para a condução da tocha e representaram Sobradinho com muita garra. 

No Paço Municipal houve uma celebração de 15 minutos , conduzida pelo Prefeito Luiz Vicente Berti que convidou o poeta popular Mauro Rocha para recitar o cordel vencedor no concurso realizado pela Secretaria de Educação. O hino de Sobradinho foi executado ao som da sanfona e um monumento em homenagem a passagem da tocha foi instalado na frente do prédio da prefeitura. 

A Tocha seguiu para o Porto de Chico Periquito, de onde saiu para fazer a eclusagem. Um momento de grande emoção, que foi prestigiado pelos sobradinhenses felizes e agradecidos por terem participado deste evento mundial e ímpar na história do município. 

" Quero agradecer a toda equipe da prefeitura e ao povo de Sobradinho por terem participado desta festa linda. Estou muito feliz e emocionado por ter proporcionado ao meu povo um momento tão feliz e marcante", ressaltou o Prefeito Luiz Vicente Berti

Asscom
Variadas
27 de Maio / 2016 às 09:31 | Nenhum Comentário

Realizado pela Pastoral Familia Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Anjos em Petrolina, o Arraiá da Família, tradicional evento junino que alia muita diversão e solidariedade, acontecerá neste sábado, dia 28, na praça da Igreja Matriz. O evento terá muita comida típica, além de brinquedos para as crianças, sorteios de diversos prêmios e claro, muitos shows para animar o público presente. Você ainda pode adquirir a rifa beneficente e concorrer a prêmios, tais como: Microondas, televevisor, bicicleta e muito mais.

Prestigie o Arraiá da Família, o evento terá início a partir das 19 horas.

Variadas
27 de Maio / 2016 às 09:00 | 3 Comentários

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, anunciou quarta-feira (25) que os pagamentos para empresas executoras das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco serão elevados da média mensal de R$ 150 milhões para até R$ 215 milhões, o que representa um aumento aproximado de 43%. A decisão foi tomada após uma rodada de reuniões, na terça-feira (24), com representantes das prestadoras de serviço responsáveis pelas obras civis e elétricas do Projeto.

Segundo o ministro, a ampliação dos repasses garante que o empreendimento esteja concluído até o final deste ano, com o compromisso das construtoras de elevarem a produtividade ao seu limite máximo. O objetivo é manter o cronograma acordado com o Ministério da Integração Nacional.

“Sinalizamos a todas as empresas que elas estão autorizadas a ampliar o seu campo de serviços para cumprir o cronograma das obras. Queremos garantir que até o final de dezembro os canais estejam concluídos e a água chegue até a Paraíba e ao Ceará”, pontuou Helder Barbalho, ressaltando que a decisão ratifica a preocupação do governo federal com o abastecimento de água no semiárido brasileiro.

As empresas construtoras reafirmaram o compromisso com o governo federal de concluir os trabalhos até o final do ano. O empreendimento que beneficiará mais de 12 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte já alcançou 86,3% de avanço físico nos dois eixos de transferência de água - Norte e Leste.

Atualmente, 10 mil trabalhadores estão contratados para a execução das obras ao longo dos 477 quilômetros de extensão do projeto. Alguns trechos também contam com serviços funcionando 24 horas por dia, como é o caso do túnel Engenheiro Giancarlo, localizado no Eixo Leste, entre os municípios de Sertânia (PE) e Monteiro (PB). São mais de 3 mil equipamentos em operação nas etapas construtivas do empreendimento.

As águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco já percorrem cerca de 80 quilômetros nos dois eixos. Com a conclusão das obras civis e elétricas em dezembro deste ano, o governo federal vai garantir que a água chegue a rios, a açudes existentes que serão perenizados e a sistemas de abastecimento dos estados receptores - Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Programas ambientais

Paralelamente às obras, o Projeto São Francisco possui um conjunto de 38 ações socioambientais que têm propiciado o desenvolvimento socioeconômico da região, além da ampliação do conhecimento da fauna e da Caatinga do semiárido nordestino. Os investimentos nessas iniciativas chegam a quase R$ 1 bilhão.

Organizado em dois eixos de transferência de água - o Leste, com 217 quilômetros, e o Norte, com 260 quilômetros - o Projeto São Francisco vai garantir segurança hídrica a 390 municípios na região do semiárido, onde a estiagem acontece com frequência.

Ascom/Ministério da Integração Nacional
Política
27 de Maio / 2016 às 08:30 | 6 Comentários

As primeiras medidas adotadas pelo governo em exercício Michel Temer (PMDB) apontam para "retrocessos graves e catastróficos" para o Brasil, especialmente no que se refere aos direitos trabalhistas e conquistas sociais históricas dos brasileiros. A avaliação é do deputado estadual Marcelino Galo (PT), um dos principais críticos, na Assembleia Legislativa da Bahia, do governo interino de Temer. O parlamentar cita a proposta de reforma da previdência, a suspensão de novas vagas para os programas Prouni, Pronatec e o FIES, o cancelamento do Minha Casa Minha Vida e da contratação de 2 milhões de novas unidades habitacionais pelo programa até o fim de 2018, a flexibilização da legislação trabalhista, o corte de recursos mínimos obrigatórios para a saúde e educação públicas, além da extinção de ministérios estratégicos , como o do Desenvolvimento Agrário (MDA), responsável por formular políticas públicas voltadas à agricultura familiar.  "A composição interventista nos ministérios, com homens, brancos, recatados e do lar, dar a dimensão da gravidade e tragédia que é esse governo golpista", afirmou o parlamentar, que tem participado com o ex-deputado Yulo Oiticica de debates sobre a conjuntura econômica, política e seus reflexos sobre a classe trabalhadora e os direitos sociais nos bairros de Cajazeiras, Boca do Rio, Fazenda Coutos e Periperi, em Salvador.

Outro ponto criticado por Galo se refere ao modelo de partilha do pré-sal, que Michel Temer e José Serra (PSDB) pretendem mudar para garantir maior participação das empresas estrangeiras. Para Galo, a proposta configura "um verdadeiro crime de lesa-pátria, pois com a privatização do pré-sal perdem a engenharia e as indústrias brasileiras, perdem também, e sobretudo, a saúde e educação públicas que deixarão de ter os recursos do Fundo Social advindos da exploração do petróleo brasileiro abaixo da camada de sal em alto mar".

"De acordo com a Lei dos Royalties, assinada em 2013 pela presidenta Dilma, 75% dos royalties do petróleo e 50% do chamado Fundo Social do Pré-Sal, por exemplo, devem ser aplicados na educação pública. Com a alteração da regra, a educação, que é estratégica da perspectiva civilizatória, do desenvolvimento e da soberania nacional, retrocederá significativamente com a escassez de recursos", observa. "A alteração da regra também impactará e muito a saúde pública, que já sofre com o subfinanciamento. Ela pode deixar de receber 25% dos recursos advindo dos Royalties. E isso também parece parte dessa estratégia golpista de desestruturar o Estado brasileiro, como deixou claro o ministro golpista da saúde, Ricardo Barros, que é ligado aos planos de saúde, ao afirmar que é preciso reduzir o SUS", alerta Galo, que também criticou a atribuição na demarcação de terras quilombolas ao Ministério da Educação. "Um absurdo completo, um retrocesso sem precedentes", enfatizou.

Ascom Dep. Marcelino Galo Foto divulgação
Variadas
27 de Maio / 2016 às 08:00 | 1 Comentário

Os comunitários Doriedson Brito e Edmar Santos idealizaram e estão organizando para o dia 11 de junho um bingo com vários brindes cujo objetivo é arrecadar recursos para aquisição de material visando a padronização das barracas para instalação da Feira Livre do bairro São Vicente, popularmente conhecido como Codevasf.

“Além de organizar um espaço comercial evitando que as pessoas do bairro e adjacência tenham que se deslocar para o centro da cidade, nossa intenção é gerar emprego e renda na região” destacou Doriedson Brito ao radialista Geraldo José na última quarta-feira (25).

“O novo espaço que vai funcionar nas proximidades do Parque Marvale, terá ampla estrutura para os comerciantes e área de estacionamento e com segurança” explicou Edmar Santos que é policial militar e ficou responsável pela organização do setor.

“O processo de legalização junto a prefeitura já está bastante adiantado e a gente espera que até julho, quando nós vamos inaugurar a feira livre, esteja tudo em dia. Quero, inclusive, agradecer ao Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Jorge Cerqueira que nos recebeu muito bem e tem nos ajudado com vistas a regularizar esta situação” concluiu Doriedson.

Variadas
27 de Maio / 2016 às 07:29 | Nenhum Comentário

Atendendo ao convite da Paróquia do Senhor do Bonfim, policiais femininas do 6º Batalhão de Polícia Militar conduziram o pálio do Santíssimo Sacramento, durante procissão da Santa Missa de Corpus Christi, na manhã desta quinta-feira (26), pelas ruas da Cidade de Senhor do Bonfim.

Dom Francisco Canindé, que presidiu a celebração, agradeceu a participação da PM: "Às policiais, que tiveram o privilégio de estarem tão perto do santíssimo, nossos agradecimentos e que sejam transmitidos aos demais policiais, para os quais pedimos a Deus que tenham melhores condições de trabalho e mais recursos para melhor cuidar da segurança da nossa cidade", disse o Bispo.

Variadas
27 de Maio / 2016 às 07:00 | 1 Comentário

A tradição de cultivar ervas medicinais é uma prática transmitida de geração a geração nas famílias de cidades do interior. Porém, na comunidade rural Gruta D' Água, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, esse costume que estava um pouco adormecido nos quintais das casas, foi resgatado através das hortas medicinais e nas hortas suspensas que enfeitam as paredes da Escola de Ensino Fundamental Benjamin Felisberto da Silva.

Em 2007, Edinalva Pinheiro, coordenadora pedagógica da escola e idealizadora do projeto “Saúde que vem da terra”, mobilizou professores/as, estudantes e moradores/as das comunidades para implantar uma horta medicinal, com a finalidade de fabricar remédios caseiros, a exemplo de xaropes, pomadas, geleias, balas, tônicos, sabonetes e tinturas produzidos com a manipulação das plantas, como gengibre, anador, arruda, entre outros. “Esse projeto começou por causas das crianças com muitas doenças e posto de saúde muito distante, então, a gente chamou o conselho escolar e comunidade e implantou esse projeto... daí ele foi tomando uma dimensão tão grande que da plantação foi para o processamento”, pontou Edinalva.

O projeto também contribui com a prática pedagógica de educação contextualizada com o campo desenvolvida na escola. Enquanto as/os estudantes estão cultivando as ervas, as professoras trabalham os conteúdos das diversas disciplinas, como matemática ao medir o canteiro, português na escrita das palavras e no estudo gramatical das mesmas. José Enoque dos Santos Júnior, estudante do 5º ano, conta que a horta deixou as aulas mais animadas, e “quando eu vou correr e caio já sei qual planta vou usar pra cicatrizar”. Hoje a horta medicinal também está presente no Centro de Apoio às Escolas Municipais do Campo e além de resgatar a tradição popular, o projeto vai fornecer seis medicamentos fitoterápicos no Sistema Único de Saúde - SUS do município de Arapiraca.

O projeto foi aprovado através do Edital SCTIE/MS nº 01, de 30 de maio de 2014, do Ministério de Saúde, que disponibilizou recursos para ampliar a produção dos medicamentos, para poder atender aos usuários do SUS. O recurso está sendo investido na ampliação do laboratório e na compra de equipamentos. Além disso, a fabricação dos medicamentos vai ser acompanhada por uma equipe multidisciplinar, composta por farmacêutico, engenheiro agrônomo, zootecnista. “Essas pessoas vão está mais a frente do projeto, pois agora precisa ser uma coisa mais técnica, mas a comunidade não vai deixar de tá participando disso aqui não, foi à comunidade que começou com esse trabalho e a gente vai continuar produzindo", afirma. Os/as profissionais de saúde, agente de saúde e população em torno da comunidade receberão capacitações para potencializar o uso dos medicamentos na rede SUS, que vai começar a ser disponibilizado no próximo ano.

Centro de Apoio às Escolas do Campo

Edinalva Pinheiro, que também é coordenadora do Centro Apoio Adalberto Saturnino de Almeida, conta que, aproximadamente dez anos atrás, no espaço era desenvolvido o Projeto “Amanhã”, que capacitava jovens agricultores/as. “A gente pegava jovens das escolas e no horário oposto da aula eles vinham pra cá, plantando ervas medicinais, piscicultura, avicultura... eu fui observando que eles faziam esses cursos, mas saindo daqui acabou”. Após esse diagnóstico, Edinalva teve a ideia de aproveitar o espaço para receber estudantes e praticar as atividades de campo e depois colocar nas escolas e em suas casas, efetivando o espaço como Centro de Apoio às Escolas do Campo.

Comunicação Irpaa
Variadas
27 de Maio / 2016 às 06:30 | Nenhum Comentário

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, José Hailton Carneiro de Oliveira, recebeu, em seu gabinete, uma comissão formada por representantes da Associação de Usuários do Perímetro Irrigado Tourão (AUPIT), do Distrito de Irrigação de Maniçoba (DIM), da União dos Produtores do Perímetro Irrigado de Curaçá (UPROPIC) e por produtores do perímetro irrigado de Mandacaru. O objetivo da audiência foi debater os detalhes da campanha de parcelamento das dívidas de K1 e de titulação de lotes agrícolas, que termina no dia 1º de junho. Segundo o superintendente regional, não há informações sobre uma possível prorrogação desse prazo.

De acordo com Pedro Bernardino, agricultor do Mandacaru, "os produtores querem pagar as dívidas, mas precisam saber os detalhes para esse pagamento". A campanha foi iniciada pela Codevasf em março deste ano e divulgada nos principais meios de comunicação da região e também nos distritos de irrigação. A superintendência regional de Juazeiro montou, neste mês, um esquema especial para atender aos interessados no parcelamento das dívidas. 
Os titulares dos lotes agrícolas devem procurar o setor de cobrança, no primeiro andar do prédio da Codevasf em Juazeiro, localizado na Avenida Comissão do Vale, S/Nº, no bairro de Piranga. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 9 às 12 horas e das 15 às 17 horas.

Para pessoas físicas, os documentos necessários são originais e cópias da Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência. As empresas deverão apresentar uma certidão negativa de débitos ou embargos; cópia do Contrato Social, Estatuto ou Ata identificando os atuais representantes legais; Carteira de Identidade do representante legal ou procurador. No momento da negociação, será preenchido gratuitamente um formulário de parcelamento.

O K1 é uma tarifa cobrada para amortização dos investimentos feitos pelo governo federal na implantação dos perímetros de irrigação. Ela é essencial para possibilitar a manutenção de canais, drenos e casas de bombas através da reposição de equipamentos ou em obras de reabilitação e modernização da infraestrutura de irrigação de uso comum. Já a dívida de Titulação refere-se ao valor pago para a compra de um lote agrícola.

Depois de encerrado o prazo, no dia 1º de junho, os pagamentos só poderão ser feitos integralmente, sem parcelamento. Os irrigantes que não renegociarem, nem quitarem seus débitos, serão inscritos no CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal) e estarão sujeitos à cobrança judicial, à suspensão do fornecimento de água e à retomada do lote, na forma estabelecida no artigo 38 da Lei nº 12.787/2013.

Ascom/Codevasf

publicidade

51 anos de vida, 33 destes dedicados à informação com credibilidade. Este é Geraldo José um dos funcionários mais antigos da pioneira Rádio Juazeiro
Blog do Geraldo José. © 2009 - Todos os direitos reservados.
Curta nossa fanpage